Esta quinta-feira há uma tertúlia para ouvir as “Cantigas do Maio” de José Afonso

Durante o Estado Novo, muitos artistas portugueses compuseram temas que ficaram conhecidos como música de intervenção. Os álbuns tinham sempre poemas elaborados, que abordavam assuntos tabu na sociedade, e escapavam ao lápis azul da PIDE. Zeca Afonso é um desses exemplos.

Na próxima quinta-feira, 16 de maio, pelas 19 horas, na sala José Afonso da Casa da Cultura, realiza-se o evento especial “Descobre a História Através da Música”. “A escolha da Casa da Cultura para esta sessão não é furtuita: em 1971, no ano das ‘Cantigas de Maio’, José Afonso passava as noites no então Círculo Cultural de Setúbal”.

Leonor AlcaçarenhoEsta quinta-feira há uma tertúlia para ouvir as “Cantigas do Maio” de José Afonso