Apresentação do livro Fixar o (in)visível | Soraia Simões de Andrade

26 de Setembro, LARGO Café Estúdio, 18:00. Apresenta a obra o historiador Miguel Cardina. A sessão conta com participações de José Falcão, fundador do SOS Racismo e de Dana Dane (integrante do grupo Divine, um dos primeiros grupos de rap a gravar em Portugal).

3 de Outubro, Café TAGV, 18:00. Apresenta a obra a docente e investigadora Susan de Oliveira. A sessão conta com participação da rapper brasileira Muleca XIII.

Lançamentos. Entrada livre.

Recensão crítica ao  livro Fixar o (in) visível, pelo historiador Miguel Cardina, publicada na newsletter do projecto Memoirs e republicada pelo portal Buala:

«Um dos mais evidentes méritos deste livro consiste justamente nessa desocultação de uma história alternativa do rap que confere um lugar de visibilidade e reconhecimento a rappers que questionaram o machismo e a violência e que, de certo modo, se configuraram como precursoras de uma outra e mais recente geração de rappers: de Capicua a Mynda Guevara (…)

Trata-se, pois, de um livro sobre as visibilidades e invisibilidades no interior de um campo musical. Mas também sobre a construção da juventude nos anos 80 e 90 e sobre o cavaquismo — e o anticavaquismo de direita, cujo exemplo maior foi o O Independente, com insuspeitos e indeferidos laços com este universo, como o livro mostra».

José AbreuApresentação do livro Fixar o (in)visível | Soraia Simões de Andrade