em destaque música do mês dossier temático José Afonso: andarilho, poeta e cantor

SEM MUROS NEM AMEIAS – Encontro da canção de protesto


Organização: Município de Grândola | Observatório da Canção de Protesto

11 a 14 de Outubro 2018 | Grândola

A iniciativa SEM MUROS NEM AMEIAS – Encontro da canção de protesto, organizada pelo Município de Grândola e o Observatório da Canção de Protesto, irá decorrer em Grândola, ao longo de quatro dias dedicados à música de intervenção e de resistência.

Começa no dia 11 com a exibição, no pátio da SMFOG - Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, do DVD referente ao espetáculo José Afonso ao vivo no Coliseu. No dia 12, no Parque de Feiras e Exposições de Grândola, há concerto com o rapper Allen Hallowen. No dia 13, o Cineteatro Grandolense recebe o concerto Luso-Russo “A Música e a Revolução” com o barítono Alexandr Jerebtzov, o baixo João Miranda e o pianista Duncan Fox.

O dia 14, último do encontro, é dedicado às exposições de pintura de Fátima Madruga, “Pequeno é Bonito – O país de Zeca Afonso” e “Pequeno é Bonito — Exposição Andarilha”, que estarão patentes ao público, das 15h00 às 21h00, no Cineteatro Grandolense.

No mesmo dia às 16:00 realiza-se a apresentação do CD- Livreto «Grândola, vila morena – Para sempre, José Afonso», editado pela Câmara Municipal de Grândola com conteúdo documental dedicado à canção «Grândola Vila Morena» e ao seu autor, bem como um CD áudio que, para além das versões originais de José Afonso, em «Cantigas do Maio» e no concerto de 1972 na Galiza, conta com versões de artistas de vários países e de artistas locais que prestaram o seu tributo ao Músico e Poeta que ligou, para sempre, o nome de Grândola aos ideais de liberdade, de democracia e de solidariedade. A apresentação conta com a presença de alguns dos colaboradores neste projecto: José Mário Branco, Francisco Fanhais, Arturo Reguera, António Manuel Ribeiro e músicos dos UHF, Carlos Martins e Rui Vieira Nery.

A seguir à apresentação do CD, Francisco Fanhais, os UHF, um Ensemble de sopros e percussão da Sociedade Músical Fraternidade Operária Grandolense - "Música Velha" e o Grupo Coral Etnográfico Vila Morena sobem ao palco para interpretarem algumas versões do CD e outras músicas.

Fonte e notícia completa: Município de Grândola.