em destaque música do mês dossier temático José Afonso: andarilho, poeta e cantor

Abril Documental - Ciclo de Cinema - Grândola



Organização de OCP/CMG/SMFOG - Música Velha
7, 14, 21 de abril - 21h30/SMFOG - Música Velha

7 abril -21h30 “O Medo à Espreita” de Marta Pessoa
Documentário, 2015, 86'
Argumento e Fotografia: Marta Pessoa
Som: Rita Palma
Com: Margarida Tengarrinha, Helena Pato, Afonso de Albuquerque, Manuel Madeira, Custódia Chibante, Raimundo Narciso, Artur Pinto, José Paulo Viana, António Mouta, Paulo Abrantes Santiago, Henrique Monteiro, Augusta Barroso e Teresa Dias Coelho
Produção: Três Vinténs - Portugal

Marta Pessoa filma memórias secretas: a de cidadãos que viveram, até à queda do Estado Novo, uma vida de perseguição pessoal e política. Ao longo de toda a sua existência, uma das piores faces da ditadura movia-se por passos secretos, informações ocultas, e perseguições, no dia-a-dia, a pessoas suspeitas de viverem contra o regime. “O Medo à Espreita” é o retrato de pessoas que viveram diariamente debaixo da sombra dos informadores da PIDE/DGS e da sua tortura. Mas é também o retrato de um país onde o instrumento da denúncia cresceu para além dos círculos políticos para se instalar, sorrateiramente, no nosso quotidiano.



14 abril -21h30 “48” de Susana de Sousa Dias
Documentário, 2010, 93'
Argumento, realização e montagem - Susana de Sousa Dias
Imagem - Octávio Espírito Santo
Design Sonoro - António de Sousa Dias Som - Armanda Carvalho
Produção - Kintop | Ansgar Schäfer
Apoio - MC / ICA e RTP

O que pode uma fotografia de um rosto revelar sobre um sistema político?
O que pode uma imagem tirada há mais de 40 anos dizer sobre a nossa actualidade?
Depois de Natureza Morta - Visages d’une Dictature, Susana de Sousa Dias volta a centrar-se na época do Estado Novo, utilizando um dispositivo cinematográfico inovador. Partindo de um núcleo de fotografias de cadastro de prisioneiros políticos da ditadura portuguesa, “48” mostra os mecanismos através dos quais um sistema autoritário se tentou perpetuar durante 48 anos e leva-nos a reflectir sobre temática da tortura e sobre as suas consequências nos dias de hoje.



21 abril -21h30 “Outro País” de Sérgio Tréfaut
Documentário, 2000, 70'
Argumento e Realização- Sergio Tréfaut
Montagem-José Nacimento, Pedro Duarte
Imagem- João Ribeiro, Rui Poças, Jon Jost
Som- António Pedro Figueiredo, Joaquim Pinto
Produção - SP Filmes
Co-produção – RTP
Com Glauber Rocha, Robert Kramer, Thomas Harlan, Pea Holmquist, Sebastião Salgado, Guy le Querrec, Dominique Issermann, Chico Buarque.

“Outro País”, primeira longa-metragem de Sérgio Tréfaut, é um filme composto a partir de imagens de arquivo de alguns dos mais importantes fotógrafos e cineastas do mundo que estiveram em Portugal para captar imagens de liberdade e de todo o processo revolucionário dos anos de 1974-75. Entre outros testemunhos, conta com os de Sebastião Salgado, Glauber Rocha, Robert Kramer, Dominique Issermann, Santiago Álvarez, Pea Holmquist ou Jean Gaumy. Este filme faz parte da matéria curricular das universidades de Harvard, Berkeley, Sorbonne, Universidade Nova, Universidade de São Paulo, Complutense, Moscovo, entre outras.